Selecione a página

Moy Yat Ving Tsun Brasil

Moy Yat Ving Tsun moy yat ving tsun - moy yat ving tsun niteroi rj - Moy Yat Ving Tsun Brasil

A Moy Yat Ving Tsun Martial Intelligence

Quem é ou o que vem a ser a Moy Yat Ving Tsun ?

Ving Tsun Martial Intelligence é a designação do conjunto de núcleos que foram certificados pela Martial Intelligence, Inc. através da demonstração de sua competência em honrar a Denominação Moy Yat Ving Tsun, por meio do Programa Moy Yat Ving Tsun de Inteligência Marcial (Versão 2019) – PMYVTIM2019, do Programa Ving Tsun Experience e do Programa IMC.

Ela é liderada por Grão-Mestre Leo Imamura (10GVT), discípulo do Patriarca Moy Yat (9GVT) e membro vitalício do Conselho de Grão-Mestres da International Moy Yat Ving Tsun Federation.

O símbolo da Moy Yat Ving Tsun Martial Intelligence foi desenvolvido através de uma contribuição conjunta de seus membros, liderada pelo Mestre Anderson Maia, M.S. (11GVT). Nele podemos identificar o símbolo modernizado da Linhagem Moy Yat com as pétalas da flor de ameixeira formadas por circunferências idênticas.

Moy Yat Ving Tsun moy yat ving tsun - logo niteroi 2 - Moy Yat Ving Tsun Brasil

Por outro lado, os caracteres em Chinês tradicional “Moy Yat Ving Tsun Kung Fu (梅逸詠春功夫)” são escritos em tipo siu suen que foi padronizado pela primeira dinastia imperial chinesa.

Abaixo desses caracteres, a expressão equivalente em Inglês, “Moy Yat Ving Tsun Martial Intelligence”.

As duas linhas horizontais, acima e abaixo do conjunto composto pela flor de ameixeira, os caracteres padronizados na Dinastia Chin e sua expressão equivalente em Inglês, fornecem uma impressão de unidade entre o passado e o presente, assim como entre a tradição e a inovação.

Este equilíbrio entre os opostos complementares tem sido a grande característica da contribuição que a Moy Yat Ving Tsun Martial Intelligence tem oferecido para a sociedade ao longo de sua existência.

A Denominação Moy Yat Ving Tsun

O Patriarca Moy Yat (9GVT) chegou a cidade de New York, no Estado de mesmo nome nos Estados Unidos em 2 de setembro de 1973. Até então não se tinha notícia de nenhum outro discípulo do Patriarca Ip Man (8GVT), com sólida experiência na transmissão do Sistema Ving Tsun, a vir para o Ocidente.

Isso naturalmente o transformou em uma importante referência internacional na salvaguarda do Sistema Ving Tsun. Entretanto, o Patriarca Moy Yat (9GVT) teve uma postura de respeito com relação aos diferentes modos de acesso ao Sistema Ving Tsun adotados por outros mestres da época e limitou-se a compartilhar apenas para os seus descendentes o processo que havia aprendido através da experiência privilegiada que teve com o seu mentor: o Sam Faat, mais conhecido como Vida Kung Fu.

Numa entrevista em Paris para o Projeto Junco Vermelho, Professor François Jullien disse que o termo Kung Fu é uma noção tão implícita no pensamento chinês que é difícil de evidenciá-la.

Como não há equivalente desta noção na cultura europeia, foi somente a partir desse contato entre essas diferentes culturas que foi possível colocar em perspectiva o Kung Fu e o Sam Faat com as tradições ocidentais.

Vídeos Recentes

Carregando...

tweets recentes